O que é a Legião de Maria?

Legio Mariæ
(LM)

Vexillum Legionis (estandarte legionário), inspirado no estandarte da Legião Romana. É usado em procissões da Legião de Maria

Lema Um Exército em Ordem de Batalha
Fundação 07 de setembro de 1921(96 anos)
Tipo Associação católica de leigos
Sede Montfort House, Dublim Irlanda
Fundador(a) República da Irlanda Frank Duff
Sítio oficial www.legionofmary.ie

Legião de Maria (em latimLegio Mariæ) é uma associação internacional de fiéis da Igreja Católica Apostólica Romana formada por leigos que servem de forma voluntária com a finalidade de contribuir para a ação evangelizadora da Igreja.

Foi fundada em DublinIrlanda, como um movimento mariano católico romano por Frank Duff em 7 de setembro de 1921.

Hoje entre membros ativos e auxiliares possui mais de 3 milhões de legionários em todo o mundo, sendo, portanto, a maior organização leiga de apostolado da Igreja Católica.

A associação tem sua maior presença na Coreia do Sul, nas Filipinas, no Brasil, na Argentina e na República do Congo. Estes países possuem entre 250.000 e 500.000 membros, cada. [1]

Sua atual presidente é Sile Ni Chochlain. [2]

apostolado da Legião de Maria consiste em atividades dirigidas a toda e qualquer pessoa, em especial aqueles que estão à margem da sociedade (sem abrigo, prostitutasprisioneiros, etc), católicos ou não. Os membros da Legião de Maria estão envolvidos na execução de obras espirituais, ao invés de auxílio material, que é reservado a outras associações da Igreja Católica.

Os membros da Legião de Maria são divididos em duas categorias principais: Ativos e Auxiliares. Os últimos se comprometem a rezar diariamente determinadas orações em nome da Legião de Maria. Já os membros ativos devem participar das reuniões semanais do seu Presídio (denomina os grupos legionários), rezar diariamente a Catena Legionis(O Magnificat; principal oração da Associação) e executar um Trabalho Legionário

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta